Protocolo Internacional – Câmara Distrital de Cantagalo

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Gouveia, no dia 7 de Novembro assinaram um protocolo de cooperação, com a Câmara Distrital de Cantagalo em São Tomé e Príncipe, a seguir estão os pontos principais do protocolo de cooperação.

A afirmação Institucional da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Gouveia, passa também pela sua cooperação, fundamentalmente, com países africanos de expressão portuguesa, nomeadamente S. Tomé e Príncipe, jovem País ao qual nos unem fortes laços históricos e culturais que exigem a afirmação de uma estratégia de solidariedade;

Considerando que pela sua localização geográfica, o nosso país, e as ilhas de São Tomé e Principe, não estão isentos de riscos de fenómenos da natureza tais como calamidades, inundações, tempestades, terramotos, maremotos, deslizamento de terras, incêndios, desabamentos e outros fenómenos naturais;

Analisadas as fragilidades que caraterizam o Municipio de Cantagalo, em matéria de construção a nivel da habitação, de meios para combater incêndios e meios de prestação de socorro pré-hospitalar e transporte de doentes;

Considerando que, na natureza, nada é previsivel, ou seja, tudo pode acontecer, escapando o estrito controlo humano, os Bombeiros de Gouveia e a Câmara Distrital de Cantagalo vão celebrar um protocolo de cooperação, tendo como principais objetivos, a formação inicial e continua de bombeiros e dotação de meios técnicos móveis, e equipamentos de proteção individual do corpo de bombeiros que se vai formar.

Sem Título logo_cantagalo_transp image002 974440_855048507868198_2106470331_n

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*